Review gps4cam pro

aperture

Review do Gps4cam Pro

Todo mundo leva uma ou duas cameras em uma viagem e nem sempre estas cameras possuem gps interno para georeferenciamento para saber exatamente onde a foto foi tirada. Quando você tem mais de 40mil fotos isso ajuda bastante a lembrar onde foram tiradas.

Nos últimos anos usei varias formas de adicionar geotag nas fotos. Comecei adicionando manualmente, depois passei a usar um software para mesclar o .GPX ( do gps que levo junto na viagem ) com as fotos. Este método tinha um problema quando a viagem passava por mudança de fuso horário, erro de sincronia do horário da câmera com o GPS, volta e meia dava um erro e perdia horas e horas corrigindo a sincronia.

Recentemente comecei a usar o gps4cam pro, um app para o iOS ( iPhone ) a versão não “pro” tem para iOS e Android.

Oque esse app faz? Ele basicamente vai fazendo um log de onde você passa na sua viagem, é só ligar, definir o intervalo entre um log e outro ( quanto menor o intervalo mais preciso vai ser o seu geotag ), colcoar o seu iPhone no bolso e sair por ai tirando fotos e passeando.

gps4cam pro

Não precisa se preocupar com nada, não precisa sincronizar a hora da camera, pode passar por fuso horario e tudo. No final da viagem ou do dia é só tirar uma foto do QR Code que o app gera e na hora de importar para o computador passar pelo software fornecido pelo gps4cam e como num passe de magia negra as fotos ficam georeferenciado! É realmente incrível! Funciona super bem e não requer conhecimento especial para operar.

Qual a diferença entre o gps4cam pro e gps4cam? Aversão “pro” quando você fecha o dia e gera o QR Code ela gera apenas 1 código e gerencia os logs através do DropBox, a versão não “pro” dependendo do intervalo e o tempo de log gera vários QR Codes. Já usei as duas versões e o fato de precisar guardar apenas 1 QR Code  para uma viagem de 10 dias ajuda bastante, a versão não “pro” gera em media 6  a 8 QR Code por dia o que em uma viagem longa pode gerar muita confusão.

Usei o gps4cam pro na viagem para o Machu Picchu no mes passado e funcionou super bem. Pela manhã quando acordava já ligava o app e colocava o iPhone no bolso e esquecia. No final do dia gerava o QR Code e finalizava o log. A versão “pro” necessita de conecção a internet para gerar o QR Code porque precisa enviar o log para o DropBox. Mas hoje em dia qual o hotel que não tem wi-fi?

E a bateria do iPhone? No meu teste ( iPhone5 com bluetooth e wi-fi desligado ) funcionou tranquilo por 10 horas seguido, o que é o suficiente para um dia de passeio.

Conslusão: É provavelmente a melhor solução de georeferenciamento de fotos para viagem. A maior vantagem é que não precisa levar nenhum gadget a mais, basta levar o iPhone ou Android no seu bolso. O uso dele é totalmente transparente, não requer ajuste de fuso horario, ajuste na camera nem nada. É uma coisa a menos pra se preocupar durante a viagem, porque quando chegar em casa e importar as fotos, vai funcionar!

Posted in [gadget], foto, geotag, Trip Gear and tagged , , . Bookmark the permalink.

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *